sexta-feira, 20 de novembro de 2015

Paul Auster


... a ler


Fig. 1 - Paul Auster                                 

Nascido a 3 de fevereiro de 1947, nos EUA, Paul Auster é um escritor norte americano, autor de vários best – sellers como “Timbuktu”, “The Book of Illusions” (“O Livro das Ilusões”), “Oracle Night”(“A Noite do Oráculo”) e “The Music of Chance” (“A Música do Acaso”).

Desde a sua juventude foi um leitor ávido e os seus escritores preferidos são Fedor Dostoievski, Edgar Allan Poe, Cervantes (o seu livro preferido era “ D. Quichote”), Nathaniel Hawthorne, Franz Kafka, Samuel Beckett e William Shakespeare.

Viajou por diferentes países europeus, como França, Espanha Itália e Irlanda.

Mais tarde estudou Língua e Literatura Inglesa na Universidade de Columbia onde se licenciou em 1970. Viveu durante quatro anos em França e a sua proximidade à literatura francesa  marcou-o para sempre. Foi confesso admirador de André Breton, Paul Éluard, Stéphane Mallarmé, Sartre e Blanchot, alguns dos quais traduziu para a língua inglesa. O seu gosto pela tradução é muitas vezes referido pelo próprio, que aconselha os jovens escritores a traduzir poesia para entenderem melhor o significado intrínseco das palavras.

 Em 1998, realizou o seu primeiro filme, "Lulu on the Bridge". Nos seus livros é evidente a influência cinematográfica norte-americana e as suas histórias desenrolam-se numa sucessão que fazem lembrar um “thriller”. A sua obra parece ser mais apreciada na Europa do que no seu país natal. 

Atualmente vive em Brooklyn, Nova Iorque, com a sua mulher, (escritora e crítica de arte) Siri Hustvedt. Auster tem dois filhos: Daniel (filho do primeiro casamento com a também escritora e tradutora norte-americana Lydia Davis, entre 1974 e 1978) e Sophie Auster, cantora e actriz de cinema (filha de Siri).

Auster revelou-se internacionalmente como escritor com ”The New York Trilogy” (“A Triologia  de Nova Iorque”) – “ City of Glass” (“A Cidade de Cristal”), em 1985, “Ghosts”(“Fantasma”), em1986 e “The Locked Room” (“O Quarto Fechado”), em 1986. São três histórias de mistério, centradas no submundo da grande cidade norte-americana, em que o leitor, tal como as personagens, torna-se “prisioneiro” dos irresistíveis enredos, dos puzzles alucinantes, dos quais o autor é mestre incontestado.

Publicaria depois “In the Country of Last Things” (“No País das Últimas Coisas”) em 1987,”The Moon Palace” (“Palácio da Lua”), em1989, “The Music of Chance” (“A Música do Acaso”) , em 1990, Leviathan ,1992, “Auggie Wren’s Christmas Story” ("História de Natal de Auggie Wren”), em1992,, “Mr. Vertigo”, em1994, “Timbuktu”, em 1999, “The Book of Illusions” (“O Livro das Ilusões”), em 2002, “Travels in the Scriptorium” (“Viagens no Scriptorium”), em 2007 , “ Man in the Dark” (“Homem na Escuridão”), 2008, “Invisible” (“Invisível”), em 2009) e Sunset Park , em 2010. As suas obras estão traduzidas em mais de quarenta línguas.

A “A Noite do Oráculo” e "As loucuras de Broklyn" são duas das suas obras existentes na Biblioteca Escolar Clara Póvoa. 





Escreveu poesia, fez traduções e vários argumentos para o cinema, como por exemplo, “Smoke” (“Cortina de Fumaça”), em 1995, “Blue in the Face”( “Fumo Azul” ) 1995, ”Lulu on the Bridge” (1998) “The Center of the World” (“O Preço da Fantasia”), 2001 e “The Inner Life of Martin Frost” (“A Vida Interior de Martin Frost”), 2006.

Ao longo da sua vida recebeu inúmeros reconhecimentos, galardões e prémios literários , dos quais se destacam “1989 Prix France Culture de Littérature Étrangère” por "A Trilogia de Nova York", que é eleita pelo The Guardian/The Observer como uma das 100 melhores obras de ficção de todos os tempos , em 2006; 1996 Bodil Awards - Melhor Filme Americano: “Smoke”; em Brooklyn, foi declarado pelo presidente desse Distrito de Nova Iorque o dia 27 de Fevereiro como o 'Paul Auster Day'; 2007 Doutor 'Honoris Causa' pela Universidade de Liège; 2010 Medalha da Cidade de Paris, concedida a 10 de Junho, pelo Maire (Presidente da Câmara) de Paris em 2012 e NYC Literary Honor for Fiction pelas mãos do Mayor de Nova Iorque Michael Bloomberg - 1.ª edição do prémio.


É também reconhecido como um grande comunicador. A 23 de abril de 2012 deu uma entrevista sobre a escrita literária e também nesse mesmo dia, Paul Auster “dirige-se” aos jovens escritores dando conselhos sobre como se tornar um escritor (3)

"A good days work is if I have one typed page at the end of the day, two is amazing, three is a miracle." disse  Paul Auster numa entrevista ao Lousiana Channel.

Luísa Torres

Sem comentários:

Enviar um comentário