quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

A playlist de... Daniela Almeida

...uma proposta de gypsy punk


Num registo mais fora do comum, ouvirão três grupos que foram aqueles que acabei por escolher para esta playlist - Melech Mechaya, Kumpania Algazarra e Gogol Bordello. 
Os dois primeiros são portugueses, sendo o último multi étnico, conhecido pelo seu "gypsy punk", punk cigano. Todos tocam segundo inspirações ciganas, árabes ou judias o que faz deles grupos com um registo bastante animado, atlético, delirante e, na minha opinião, espetacular. 
Também num registo idêntico e português, existem outros conjuntos, ou bandas, como os O'queStrada ou os Dead Combo e, em alguns temas, os Deolinda, enquanto estrangeiras os Tod A, Reverend Glasseye ou The Bad Things são bons exemplos. 
Este género musical, klezmer, mais presente numas bandas que noutras, de origem judia, inspirado em melodias antigas, danças populares e de poucas falas, era (e é) tocado em acontecimentos alegres, como casamentos, ou outros. 
Hoje, é mundialmente tocado, adorado e ouvido, pelo que, espero ter dado a conhecer, para quem ainda não conhecia, um dos variadíssimos e imensos estilos musicais existentes e, quem sabe, ter criado mais adeptos. Para aqueles que já estavam familiarizados com tal animação e ritmo, nunca é de mais ouvir! 

Melech Mechaya - Gente Estranha (5:13) 
Álbum: Gente Estranha
Ano: 2014



Melech Mechaya - Chapéu Preto (2:30) 
Álbum:  Aqui em baixo tudo é simples 
Ano: 2011



Melech Mechaya - Noite Tribal (3:37) 
Álbum: Melech Mechaya
Ano: 2008



Kumpania Algazarra - Pudim (A festa continua) (3:36)
Álbum: A festa Continua
Ano: 2013



Kumpania Algazarra - Pekarna (6:15) 
Álbum: Kumpania Algazarra
Ano: 2008



Kumpania Algazarra - Maré (4:20) 
Álbum: A Festa Continua
Ano: 2013



Gogol Bordello - American Wedding (3:42)
Álbum: Super Taranta!
Ano: 2007



Gogol Bordello - Start Wearing Purple (3:43)
Álbum: Voi-La Intruder
Ano: 2010



Gogol Bordello - Pala Tute (4:08)
Álbum: Trans-Continental Hustle
Ano: 2010




 Daniela Alameida, 11.º LH2

Sem comentários:

Enviar um comentário